Tudo o que precisa saber para se tornar um digital influencer em 2021

  • Escrito por

O que é um digital influencer? 

Compartilhe

O que é precisopara se tornar um influenciador? Como medir o sucesso de quem se propõe a produzir conteúdo por meio de plataformas digitais? As respostas a essas perguntas não são tão fáceis. Com a evolução da internet ao longo dos anos, a presença de usuários online também evoluiu. Ao longo dos anos, foram criadas formas de interagir com o público e até de compartilhar opiniões e conhecimentos. Durante essa evolução, surgiram os influenciadores digitais. E muitas pessoas que admiram essa profissão se perguntam: "Como posso me tornar um digital influencer de sucesso?" Embora pareça fácil, um influenciador trabalha muito para ter sucesso. Existem várias etapas para enfrentar.

O que é um digital influencer?

Quais as principais vantagens de ser um digital influencer?

Principais desafios que terá que enfrentar

Como se tornar um digital influencer

As melhores ferramentas

Como ganhar dinheiro enquanto digital influencer

Porque devem as empresas apostar em influencer marketing?

Como gerir a sua relação com as marcas?

Dicas para quem está começando

O que é um digital influencer? 

Os digital influencers são, em sua maioria, nativos digitais que tiveram sucesso em compartilhar seu conteúdo em canais online. Eles podem estar presentes em diferentes plataformas e atrair públicos de diversos segmentos.

É claro que estrelas da música e do cinema ou reality shows ocupam os primeiros lugares dos top digital influencers mais bem pagos do mundo, mas isso não significa que não há espaço para você criar sua própria tribo, pelo contrário.

Os digital influencers podem ser divididos pelo número de seguidores que possuem ou pelo nicho que visam. Hoje as nomenclaturas são várias e vão do mais pequeno até às grandes celebridades. Cada um tem suas particularidades e taxas de engajamento e sucesso.

Os digital influencers estão dominando vários nichos. Os consumidores estão prestando mais atenção a essas personalidades no ambiente digital. Para começar a trilhar o caminho do marketing de influência, é necessário entender e dominar determinado assunto e onde encontrar os seguidores que se identificam com o que você está dizendo.

Quais as principais vantagens de ser um digital influencer?

Deve ser ótimo ser digital influencer, certo? Passar o dia na praia, ir na balada, assistir filmes ou shows e depois postar um vídeo de 2 minutos e está feito! Bom, não será bem assim mas ser digital influencer tem certamente as suas vantagens:

Flexibilidade

Quando você se torna um influenciador, não está vinculado a um emprego de tempo integral ou um local fixo. A flexibilidade também está nos tópicos que você pode explorar, seja viagens, moda ou até mesmo beleza. Você decide seu horário de trabalho e quanto você trabalha também.

O trabalho também oferece flexibilidade para viajar, pois você só precisa de um smartphone, laptop e uma boa conexão com a Internet. Isso contrasta totalmente com os empregos regulares em que você precisa ir ao escritório diariamente e só pode explorar os tópicos que estão na esfera de ação da empresa.

Por exemplo, Meghan Joy Yancy, mãe de 6 filhos, consegue fazer isso direto de sua casa enquanto cuida de seus filhos. Esse exemplo é perfeito para as mulheres que cuidam dos filhos em casa mas que querem compartilhar suas experiências com produtos de bêbè, cuidados de beleza ou dicas de fashion.

Construindo e conectando-se com uma comunidade

Quando você se torna um digital influencer, você cria uma comunidade de pessoas com ideias semelhantes. Todos os seus seguidores geralmente têm um interesse comum no nicho em que você cria conteúdo. Você não apenas cria essa comunidade, mas também se envolve com ela regularmente.

O engajamento é feito com comentários frequentes, respondendo a comentários e mensagens e comunicando-se frequentemente com seus seguidores, habitualmente por vídeo.

Isso ajuda a estabelecer conexões sólidas com seus seguidores, o que, por sua vez, pode melhorar sua taxa de engajamento. Quanto mais alta for sua taxa de engajamento, melhores serão suas chances de fechar negócios com as marcas. Você pode até cobrar taxas mais altas se tiver melhor engajamento e mais seguidores.

Ser autêntico

Tornar-se um influenciador permite que você seja autêntico e verdadeiro com seu público. Você pode contar a eles o que realmente levou você a se tornar um digital influencer e como é sua vida como tal.

Embora muitos influenciadores possam cometer o erro de mostrar apenas o lado bom de ser um influenciador, isso nunca é totalmente verdade. Ao mostrar os aspectos negativos de ser um digital influencer ou mesmo a luta pela qual você teve que passar inicialmente, você pode dar à sua história um toque humano e emocional.

Presentes grátis

Muitas marcas preferem dar brindes a influenciadores para motivá-los a promover os produtos ou serviços da marca. Quando você se torna um digital influencer popular, há boas chances de que muitas marcas entrem em contato com você para colaborações.

Isso significa que você provavelmente terá um monte de brindes para experimentar e revisar. Algumas marcas podem até oferecer experiências em vez de presentes. Você pode até ser convidado para encontros de influenciadores que são patrocinados por marcas. Todos esses são privilégios adicionais de ser um bom digital influencer. 

Principais desafios que terá que enfrentar

Ser um digital influencer tem muitas vantagens. No entanto, também há alguns desafios que você precisa levar em consideração. Embora o glamour associado ao modo de vida do influenciador pareça cor de rosa, é a natureza de ser um influenciador que torna isso difícil também.

Manter a Integridade

Lembre-se de que é crucial manter sua integridade quando se trata de marketing de influência. Pode haver casos em que você pode se inclinar para a promoção de algo que não é genuinamente útil para seu público. As razões para isso podem ser o dinheiro extra oferecido pelas marcas, brindes, etc.

No entanto, se você não permanecer fiel a si mesmo e ao seu público, pode chegar um momento em que você pode se arrepender. Você também pode ter que enfrentar a reação do seu público se isso causar alguns problemas.

Também é crucial mencionar os pontos negativos de usar os produtos de uma marca, se houver. Isso é especialmente verdadeiro no caso de medicamentos, pois podem causar efeitos colaterais.

Por exemplo, Kim Kardashian promoveu um medicamento de Duchesnay. Ela escreveu sobre como isso a ajudou a superar os enjôos matinais.

No entanto, o FDA (departamento de drogas e comida dos Estados Unidos) descobriu que o post não mencionou nenhum dos riscos associados a esta droga. Eles avisaram Kim e a marca sobre a ação que tomariam se a postagem não fosse removida ou corrigida. Kim acatou essas observações, mas prejudicou sua reputação, com milhares de comentários negativos ao post.

Encontrar trabalho consistente

Outro desafio de ser um influenciador é encontrar um trabalho consistente. Existem milhares de influenciadores e micro-influenciadores por aí, e pode ser fácil se perder neste vasto mar de digital influencers. Isso também reduz suas chances de ser contatado por marcas para parcerias.

Quando você não consegue contratos regulares, pode ser difícil sustentar sua vida diária. Você pode não ter uma fonte de renda confiável e isso pode ser difícil para algumas pessoas. Você pode, é claro, ter algumas parcerias onde terá um trabalho regular, mas se isso acabar, a regularidade da renda e do trabalho se tornará difícil.

Por fora, a vida de um influenciador pode parecer cheia de glamour e diversão. No entanto, lembre-se de que você precisa trabalhar tanto quanto um empresário por trás das cortinas virtuais.

Construindo uma comunidade

Você só pode se tornar um digital influencer quando tiver uma comunidade. Mas, para ter uma comunidade, você precisa primeiro criá-la. Criar uma comunidade altamente engajada do zero não é uma tarefa fácil. Você precisa se empenhar e criar conteúdo exclusivo e de alta qualidade regularmente para que seu público possa se conectar a ele.

É fundamental entender o seu público-alvo e criar um conteúdo de que ele goste para que acabe seguindo você. Isso não apenas exige muito esforço, mas também envolve a mesma quantidade de tempo.

E mesmo depois de construir um grande número de seguidores, você precisa manter sua comunidade envolvida, comunicando-se proativamente com o maior número possível de seguidores.

Como se tornar um digital influencer - passo a passo;

Antes de comprar uma câmera e instalá-la em seu quarto ou sala de estar, há algumas perguntas que você deve fazer a si mesmo antes de tentar se tornar um digital influencer. Embora alguns influenciadores tenham alcançado o status de celebridade sem nenhum esforço ou plano aparente, você sempre deve pensar em quem você deseja se tornar como um influenciador, e essas perguntas o ajudarão.

- Ser você mesmo ou criar uma persona? Tudo depende de como você deseja abordar seus seguidores ou que tipo de marcas deseja atrair, na verdade. Ser você mesmo às vezes dá mais segurança às marcas e mais credibilidade. No entanto, uma persona permite mais conteúdo fora da caixa que alguns tipos de marcas e público favorecem.

- Por que você quer se tornar um digital influencer? A resposta varia de pessoa para pessoa, é claro, mas sempre gira em torno de dinheiro, status ou compartilhamento de conhecimento. Descubra o que o motiva desde o início, isso ajudará a definir a forma como você interage com o público.

- Que nível de exposição você está disposto a conceder? Lembre-se de que, à medida que sua popularidade crescer, você estará mais exposto a escrutínio e críticas. Faz parte do território.

- Qual é o seu nicho / público-alvo / tópico? Isso será influenciado pelo que você tem a dizer e pelos conhecimentos que deseja compartilhar. O conteúdo que você produzir terá que agregar valor ao público para que ele se identifique, aprecie e se envolva com você, construindo o seu seguimento.

- Que tipo de plataforma você vai usar? Dependendo de como deseja envolver e interagir com seu público, você terá que escolher o canal que melhor se adapta a você. Alguns preferem vídeos do YouTube, outros preferem um relacionamento mais “rápido” e usam stories do Instagram. Isso é algo que você deve ter em mente ao iniciar seu esforço para se tornar um influenciador.

- Como você medirá seu sucesso? Novamente, tudo depende do que você deseja alcançar como influenciador. Você pode se concentrar em métricas de público, como taxa de engajamento e número de seguidores, ou pode contar seus ganhos por meio de publicidade e patrocínios de marca. Não se esqueça, porém, que as marcas gostam de públicos engajados e os públicos gostam de marcas com as quais se relacionam.

Como fazer dinheiro enquanto digital influencer

Você sabia que se tiver - em média -, mais de 3 mil seguidores no Instagram, Twitter ou Facebook, você pode transformar isso em uma receita. Como? Basicamente, você será pago para criar conteúdo promovendo marcas que você já usa e adora!

Em 2019, a digital influencer mais bem paga do mundo era Kylie Jenner, recebendo mais de $1,2 milhões de Dólares (cerca de 6,3 milhões de Reais!) por post! Em 2020, Dwayne “The Rock” Johnson se junta a Kylie como os únicos a receberem mais de 1 milhão de dólares por post nas suas mídias sociais. Logo de seguida vem Cristiano Ronaldo, Kim Kardashian e Ariana Grande, que cobram mais de 850 mil dólares por postagem.

Você também pode ganhar dinheiro sendo um digital influencer. É certo que para chegar nos 224 milhões de seguidores que Cristiano Ronaldo tem, você vai ter de se esforçar demais mas, na verdade, não precisa chegar nem em metade disso para poder fazer sua carreira como digital influencer. Siga esses passos.

1. escolha um orçamento adequado ao seu estilo de vida

Elabore uma tabela com duas colunas. Preencha um lado da coluna com "necessidades" - as coisas sem as quais você não pode viver. Preencha o outro lado com seus "desejos" - as coisas que você poderia viver sem, mas teria em um mundo ideal.

Por quê fazer isso? Não, não estamos entrando no mundo das  finanças. É que assim, você sabe o orçamento mensal de que precisa para sobreviver, o que significa que pode se esforçar para viver uma vida livre da rotina das 9h às 17h. Agora não parece tão assustador deixar seu trabalho e ir influenciar em tempo integral, não é?

2. defina um valor para suas postagens patrocinadas

Se você nunca ganhou dinheiro com suas redes sociais antes, pode ser difícil colocar um valor em si mesmo.

Nos aplicativos e plataformas de gestão de influenciadores (IRM), você encontrará habitualmente, taxas aproximadas e  "tabela de preços"  do que você pode ganhar por publicação social, tornando mais fácil nomear seu preço. Normalmente, é estabelecida uma relação entre temas, dimensão da audiência e nível de engajamento.

Lembre-se de não se enfraquecer. Você trabalha duro em seu conteúdo, então mantenha sua taxa e deixe as marcas tomarem a decisão a partir daí. Se eles gostariam que você diminuísse ou tivesse algum feedback, você pode sempre negociar com a marca e defender seu valor e mais valias.

3. quantas postagens você precisa para financiar seu estilo de vida?

Digamos que você tenha 30 mil seguidores no Insta, você é um entusiasta do brunch e precisa de cerca de 12 mil reais por mês para viver. Isso significa que você terá de encontrar um equilíbrio entre o número de postagens que está afim de fazer, atribuindo a cada uma um valor “justo” para todos.

4. Encontre a plataforma ideal para você

Como dissemos antes, existem muitas plataformas de influencer marketing e de influencer relationship management. Cada uma com vantagens e desvantagens, muitas delas, subjetivas.

Algumas preferem focar-se na publicação de conteúdos, e outras se importam mais com a comunicação entre marcas e influencers. Como veremos mais a frente, tem ferramentas gratuitas e outras que cobram taxas mas, no final do dia, o que importa é o seu grau de conforto com a plataforma que escolher e otimizar seu retorno financeiro.

Existem muitas marcas em busca de conteúdo “matador”, mas será necessário você não fazer apenas postagens patrocinadas. Não se esqueça que seus seguidores estão com você  - primariamente - pelo seu conteúdo orgânico. Esteja sempre ciente de que seu público confia com você, então, se você se empolgar muito com o conteúdo patrocinado, eles podem deixar de seguir.

5. Entenda o briefing e crie seu conteúdo original!

Existem muitas campanhas a rolar todos os dias, então selecione os produtos e as marcas que você já usa e adora. Talvez existam marcas que você ainda não testou e para as quais ficará feliz em comprar e enviar conteúdo.

Crie conteúdo de acordo com os requisitos do briefing. Se lembre que terá de haver uma sintonia entre você e o produto/marca, ou sua relação ficará afetada e poderá perder esse cliente.

E você não poderia ter escolhido um momento melhor para aprender como se tornar um digital influencer - nunca antes as marcas tiveram tanta fome de influenciadores para recomendar seus produtos. Se você sabe como criar um conteúdo valioso para seu público e para sua marca, estará ganhando dinheiro mais rápido do que pode contar!

As melhores ferramentas para iniciar a carreira

Como um digital influencer inicial, você deseja se conectar com outros influenciadores para aprender e compartilhar experiências. As plataformas de marketing de influenciadores ajudam a aumentar sua credibilidade e facilitam a conexão entre influenciadores e marcas, ao mesmo tempo que o ajudam a facturar.

Essas plataformas possuem milhares de influenciadores divididos por categorias e interesses, que auxiliam marcas e empresas na escolha dos melhores para suas campanhas. Entre as melhores e maiores, você pode encontrar estas plataformas:

Não sendo exatamente uma plataforma de influencer marketing convencional, estando mais virada para marketing de afiliados, a Awin consegue, no entanto, providenciar aos digital influencers uma forma eficaz e eficiente de ganhar dinheiro com suas comunidades, através dos seus vídeos e postagens nas redes sociais.

As plataformas de influencer marketing não apenas ajudam você a se conectar com as marcas, mas também ajudam na criação e compartilhamento de conteúdo, aproximando você dos seus seguidores, sejam no YouTube, Instagram, Facebook ou todos eles. Eles ajudarão a economizar tempo e aumentar o alcance do seu conteúdo.

Obviamente que o Facebook, o Instagram e o Twitter também já ajudam você a criar seu próprio conteúdo patrocinado e a gerir suas campanhas. Digital influencers já com alguma dimensão preferem sair das plataformas anteriores e passar eles próprios - ou sua equipe - a se responsabilizar por essa gestão, criação e relação direta com as empresas e marcas que escolhem utilizar digital influencers nas suas estratégias de marketing.

Porque devem as empresas apostar em digital influencers?

O marketing de influência funciona porque usa táticas como marketing boca a boca (word of mouth) e prova social (social proof), que agora são aspectos críticos de qualquer estratégia de marketing de sucesso. Os clientes confiam em seus colegas, amigos e pessoas que admiram mais do que nas empresas que vendem os produtos e serviços que compram e usam.

A publicidade por meio de digital influencers permite que as marcas façam suas promoções por meio de alguém que é seguido por uma comunidade de nicho, que se envolve e em quem confia diariamente. Portanto, em vez de serem céticos em relação a um anúncio comercial ou de mídia social, os consumidores estão confiando que, se o influenciador de sua escolha adorar o produto, eles também irão amar.

A maior vantagem para as empresas que escolhem incluir digital influencers na sua estratégia de marketing, é que conseguem de forma fácil e super eficaz, atingir os usuários  - o target - dos seus produtos. É direcionado, feito à medida, confiável e, acima de tudo, não é imposto nem intrusivo, surge de forma bem sutil.

Vejamos o caso de Cristiano Ronaldo - com mais de 224 milhões de seguidores -, ou de Neymar, com cerca de 170 milhões. Sempre que uma marca quer atingir fãs de futebol - e claro, tem dinheiro para isso! -, poderá pedir a esses craques que façam um post promovendo a marca ou o produto e será, quase, garantido, que o retorno compensará o investimento.

É certo que esses caras fizeram carreira em outra profissão e ser influencer foi bônus. Mas mesmo assim, eles são capazes de influenciar milhões com apenas uma postagem. Por outro lado, não são eles mesmos a gerir essa relação com a marca. Têm seus agentes e equipes que trabalham com eles para chegar nos objetivos.

Como gerir a sua relação com as marcas

A relação com as marcas pode passar por vários processos. Você poderá estar numa plataforma de influencer marketing ou poderá estar lidando diretamente com as marcas. Seja como for, você deverá procurar estar em sintonia com os objetivos da campanha que lhe é proposta.

Mais que isso, deverá também perceber a estratégia de conteúdos que lhe é proposta e/ou propor a sua própria abordagem - sempre de acordo com a estratégia global da marca - uma vez que é vocè que tem a relação com seus seguidores, e que sabe o que vai ou não funcionar.

É importante que a relação entre digital influencer e marca seja baseada na confiança mútua. As marcas buscam influencers que partilhem os mesmos valores, e você deverá procurar promover somente as marcas em que acredita, uma vez que seus seguidores facilmente irão perceber se você estiver “mentindo”.

 Dicas para quem está começando

Conforme você se questiona sobre por que e como se tornar um digital influencer, as etapas se tornarão mais claras. Algumas coisas são senso comum e outras são as melhores práticas da indústria, deixando algum espaço para individualidade, originalidade e, por que não, peculiaridades que irão - ou não - atrair seus seguidores. Então, aqui estão algumas dicas que você precisa seguir para se tornar um digital influencer.

  1. Descubra o que conecta você e as pessoas que você está tentando alcançar e crie um senso de comunidade, uma tribo, que gira em torno dos mesmos interesses.
  2. Crie conteúdo relevante para a comunidade, agregando valor à discussão, tornando-se um formador de opinião confiável e, porque não, um trend-setter.
  3. Compartilhe muito conteúdo. Esteja presente sempre que puder. Esteja constantemente atualizado, seja proativo e compartilhe conteúdo.
  4. Interaja com outros influenciadores e plataformas maiores que você. Encontre uma conexão e estabeleça um relacionamento para que você possa aumentar seu público, enquanto dá a eles outros canais que podem interessá-los.
  5. Envolva-se! Esteja aberto a feedback, incentive-o dentro da comunidade. Traga o público para a discussão para que eles se sintam parte dela e promova o engajamento.

Ao longo do caminho, você certamente encontrará o que funciona melhor para você. Estas são simplesmente as diretrizes mais gerais para ajudá-lo a se tornar um digital influencer e iniciar sua carreira no marketing de influenciadores.

E aí, ficou achando que era mais fácil ou mais difícil se tornar um digital influencer? Seja de que modo for, não se assuste. Faça essa mudança de carreira de forma apaixonada e verá que seus seguidores sentirão isso mesmo. Não é fácil, mas as recompensas poderão valer a pena se se mantiver verdadeiro a você mesmo e à sua comunidade.

Veja o que funciona para você, o que o motiva e que conhecimento tem para passar. Estabeleça uma relação genuína com seu público, partilhe e receba feedback, inclua os outros digital influencers para bem de todo o público.

Faça uma boa gestão das empresas e marcas com quem trabalha. Uma boa relação com boas marcas pode fazer a diferença na carreira de um digital influencer. Pode, aliás, fazer ou quebrar a carreira logo à partida. Esteja ciente dos desafios mas também das vantagens para que tenha sempre um objetivo.

E principalmente, se divirta fazendo o que gosta!

Artigos Relacionados