Marketing de Conteúdo: O que é e como planejar a sua campanha (Atualizado em 2021)

  • Escrito por

A importância do marketing de conteúdo está na resposta que dá às perguntas do seu público.

Compartilhe

Com o marketing de conteúdo, você pode construir confiança com seu público, melhorar as conversões, conectar-se com seus clientes e gerar leads.

Além disso, na era de hoje, os clientes esperam conteúdo consistente e de alta qualidade de suas marcas favoritas.

Mas o que é o marketing de conteúdo? Como se faz uma boa estratégia? Quais os tipos de marketing de conteúdo que existem? E, a melhor, como monetizar as campanhas de marketing de conteúdo?

Fique ligado que vamos responder a tudo!

O que é o Marketing de Conteúdo

Os principais benefícios do marketing de conteúdo

Como planejar uma campanha de conteúdo

Que métricas utilizar para medir o sucesso da sua campanha

Como monetizar uma boa campanha de marketing de conteúdo

O que é o Marketing de Conteúdo

O marketing tradicional está se tornando cada vez menos eficaz a cada minuto. Como um profissional de marketing ou empreendedor, ou como brand manager com visão de futuro, você sabe que deve haver uma maneira melhor.

E existe, é o marketing de conteúdo.

O marketing de conteúdo é uma abordagem de marketing estratégica focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido - e, em última instância, para impulsionar uma ação lucrativa do cliente.

O que isso significa?

Significa que, em vez de apresentar seus produtos ou serviços, você está fornecendo conteúdo verdadeiramente relevante e útil para seus potenciais clientes e ajudá-los a resolver seus problemas.

Existem muitos tipos diferentes de marketing de conteúdo, incluindo:

  • Blogging
  • Vídeo
  • Podcasting
  • Infográficos
  • Email
  • Conteúdo visual
  • E-books
  • Apresentações de slides
  • Questionários / ferramentas
  • Lista de verificação / Checklists
  • Cursos
  • Webinars
  • Aplicativos grátis
  • Postagens nas redes sociais

E mais… Muito mais!

Mesmo demonstrações de produtos, seminários e folhetos físicos podem ser considerados tipos de marketing de conteúdo. Mas aqui, focamos em conteúdo digital.

A chave é que o conteúdo forneça informações ou entretenimento, geralmente de graça, em apoio a um objetivo de negócio - mesmo que esse objetivo não seja óbvio à primeira vista.

Por exemplo, aqui estão cinco coisas que muitas empresas desejam obter com seus esforços de marketing de conteúdo:

  • Direcionar tráfego para as principais páginas de destino
  • Espalhar o reconhecimento e notoriedade da marca
  • Construir relacionamentos
  • Gerar compartilhamentos sociais e backlinks
  • Gerar receita

Na verdade, o que você está lendo agora é marketing de conteúdo.

Os principais benefícios do marketing de conteúdos

Se ainda não investiu em marketing de conteúdo, pode ser porque está cético quanto aos benefícios de longo prazo e relutante em investir pesadamente no que pode vir a ser uma moda passageira.

Você pode se sentir intimidado pela percepção da complexidade da estratégia, com medo de mergulhar sem saber o que está fazendo. Ou você pode ter evitado porque está ocupado com outras estratégias de marketing.

Saiba que o marketing de conteúdo é uma das estratégias de marketing mais práticas, eficazes e úteis. Deixe estes 10 benefícios convencê-lo:

1. Aumentar a visibilidade da sua marca

Ter conteúdo de qualidade promovido nos canais de mídia social apropriados mostra sua marca para aqueles que podem estar procurando uma solução para seus problemas.

2. Desenvolve relacionamentos duradouros com seu público

Se você fornecer continuamente ao seu público conteúdo acionável, eles voltarão para o seu negócio quando precisarem de mais do que podem fazer sozinhos.

3. Melhora a notoriedade e o reconhecimento da marca

As pequenas empresas enfrentam o desafio de apresentar sua marca ao público-alvo. A criação de conteúdo que é continuamente encontrado quando alguém está procurando uma resposta pode influenciar a reputação da sua marca.

4. Cria lealdade e confiança, tanto com seus clientes atuais quanto com clientes em potencial

Oferecer conteúdo que fornece aconselhamento, educação e soluções úteis gratuitamente e sem um discurso de vendas constrói a confiança de seus clientes atuais e clientes em potencial.

Os relacionamentos baseados na confiança têm maior probabilidade de ir além do aconselhamento gratuito para um relacionamento lucrativo para o seu negócio.

5. Ajuda você a construir autoridade e credibilidade

As empresas baseadas em serviços vivem ou morrem de acordo com sua experiência e como podem comunicar isso ao seu público. Demonstre sua experiência com conteúdo que fornece uma visão sobre o que seus pontos fortes como empresa oferece e o que você pode fazer por seus clientes.

6. Posiciona sua empresa como especialista em seu setor

Depois de demonstrar sua experiência, as pessoas naturalmente irão recorrer primeiro ao seu conteúdo para obter as respostas que procuram.

7. Gera tráfego para seu site para melhorar a geração de leads

Um dos benefícios mais importantes do marketing de conteúdo é a geração de leads inbound. Adicionar mais conteúdo de qualidade ao seu site ajuda a criar uma pegada digital maior.

Isso fornece mais oportunidades de seu negócio ser encontrado nos resultados da pesquisa.

8. Abre um canal de comunicação por meio de compartilhamentos e comentários sociais 

Conforme seu conteúdo é promovido e compartilhado, você pode começar a se conectar com pessoas que compartilharam seu conteúdo ou comentaram em sua postagem.

Isso lhe dá a oportunidade de responder a outras perguntas e se tornar uma fonte confiável de informações úteis. Quando surge a necessidade, você se torna a empresa certa para ajudar a resolver o maior problema deles

9. Ajuda seus clientes a tomarem uma decisão de compra mais rapidamente

As decisões de compra começam com uma pesquisa. Se o seu conteúdo os levar na direção de uma solução, eles entrarão na sua lista.  Se feito da maneira certa, o marketing de conteúdo pode mover os clientes em potencial na jornada do comprador no ritmo deles.

Quando eles estiverem prontos para comprar, sua empresa provavelmente será posicionada como especialista. Isso torna a decisão de comprar de você muito mais fácil.

10. Fornece valor sem amarras

O ganho é o conceito de ajudar as pessoas a expandir seus negócios sem um motivo oculto. O marketing de conteúdo leva esse conceito a um nível superior. Você ajuda as pessoas livremente, sem esperar nada em troca.

Isso torna seu negócio acessível e aquele com o qual a maioria das pessoas se sentirá mais confortável quando decidir escolher um fornecedor.

Como planejar uma campanha de conteúdo

Etapa 1. Defina sua missão e seus objetivos

Um bom ponto de partida para seu plano de estratégia de conteúdo é definir uma declaração de missão de marketing de conteúdo. Esta é uma breve declaração que torna mais fácil se concentrar no que é importante - e no que não é - na criação de seu conteúdo, para que sua estratégia de marketing de conteúdo permaneça no caminho certo.

Uma declaração de missão do marketing de conteúdo descreve:

  • Seu público-alvo
  • O conteúdo que você usará para alcançá-los
  • O benefício que eles obterão

Etapa 2. Estabeleça seus KPIs

A melhor maneira de atingir metas é torná-las específicas e mensuráveis. Isso significa definir indicadores-chave de desempenho (KPIs) para sua estratégia de marketing de conteúdo.

Os KPIs o ajudarão a saber quando você atingiu seus objetivos, fornecendo marcos que você pode marcar. Eles incluirão o que você planeja alcançar em termos de receita, vendas, tráfego, SEO, tráfego e diferentes aspectos do marketing digital, como marketing por e-mail e métricas de mídia social.

Etapa 3. Conheça seu público

Conforme mencionado anteriormente, para uma estratégia de marketing de conteúdo bem-sucedida, você precisa ser claro sobre quem é seu público, para que possa criar o conteúdo certo para alcançá-lo. Existem três ações que você precisa realizar.

  • Colete Dados Demográficos

A primeira etapa é coletar dados demográficos de seus visitantes, assinantes de e-mail e seguidores de mídia social.

Análise da web, análise de mídia social e análise de assinante de e-mail fornecerão os dados de que você precisa sobre o seu público-alvo: Idade, Sexo, Educação e Interesses Principais.

  • Obtenha feedback do cliente

Para aprender ainda mais sobre seu público-alvo, tente coletar feedback de seus clientes atuais. Isso lhe dará insights sobre:

  • Criar Personas de Comprador

Quando você tem dados demográficos e feedback do cliente, pode criar ou desenvolver personas de comprador. As personas do comprador, também conhecidas como avatares do cliente, descrevem seus leitores e clientes ideais para que você possa direcionar o conteúdo melhor.

Etapa 4. Avalie sua posição atual

Muitas empresas já possuem conteúdo por aí. Isso incluirá o conteúdo do seu blog, bem como conteúdo de mídia social, podcasts, vídeos e assim por diante. Faça uma análise rigorosa do desempenho desse conteúdo antes de passar à criação de mais.

Etapa 5. Descobrir os melhores canais de conteúdo

 Conforme você trabalha nesse processo, você começará a ter uma noção de onde seu público está passando e onde você já tem uma presença online de sucesso. É melhor se concentrar no que está funcionando e expandir a partir daí, em vez de tentar fazer tudo de uma vez.

Etapa 6. Decidir sobre os tipos de conteúdo 

Em seguida, pense sobre os tipos de conteúdo que você precisa criar. Existem alguns tipos de conteúdo que todas as estratégias de marketing de conteúdo incluirão, como já vimos anteriormente. Nem todas terão vídeo, por exemplo, mas certamente todas terão artigos de blog e posts nas mídias sociais. Descubra qual funciona melhor para seus objetivos.

Etapa 7. Identificar e alocar recursos

Agora que você sabe que tipo de conteúdo está planejando criar, para quem é e onde está planejando compartilhá-lo, é importante ter certeza de que tem tudo o que precisa para entregar em sua estratégia de marketing de conteúdo.

Etapa 8. Crie um calendário de conteúdo

Como parte de sua estratégia de conteúdo, você precisará saber exatamente quando deseja publicar seu conteúdo em cada uma das plataformas que deseja usar.

Etapa 9. Criar conteúdo

Como você viu, há muito trabalho de preparação em sua estratégia de marketing de conteúdo antes de você realmente criar um conteúdo. Mas agora é hora de fazer exatamente isso.

Etapa 10. Distribuir e comercializar

A próxima parte importante de sua estratégia de conteúdo é a distribuição e o marketing. Isso ocorre porque você não obterá os resultados desejados, a menos que sejam tratados corretamente. Está na hora de lançar seus e-mails, fazer setup das campanhas de PPC, rolar postagens nas redes sociais e gerar backlinks para seu conteúdo.

Etapa 11. Medir os resultados

Finalmente, é hora de avaliar o sucesso de sua estratégia de marketing de conteúdo. Para fazer isso, você retornará aos KPIs que definiu no início do plano de estratégia de conteúdo e verá o que mudou e se você atingiu suas metas.

Que métricas utilizar para medir o sucesso da sua campanha

Depois de conseguir alinhar tudo, os resultados aparecerão. Mas onde eles vão aparecer?

Mesmo que o marketing de conteúdo já exista há bastante tempo, algumas empresas, especialmente as pequenas, têm dificuldade em compreender que os esforços de marketing de conteúdo raramente aparecem como macro-conversões.

Na verdade, no final, eles contribuem significativamente para a última etapa, mas existem outras métricas igualmente importantes e mais reveladoras que são mais úteis ao tentar descobrir o que o marketing de conteúdo está fazendo pelo nosso negócio.

Esses dados ajudarão não apenas a identificar o conteúdo de baixo desempenho que pode ser otimizado, mas também a encontrar seu conteúdo de melhor desempenho.

Às vezes, o conteúdo que você acha que tem a melhor qualidade simplesmente não atrai seu público.

A análise de dados pode ajudá-lo a encontrar a "receita" perfeita para seu marketing de conteúdo, para que você possa atingir o máximo de sucesso no marketing de conteúdo.

  1. Tráfego

O tráfego é a força vital do conteúdo online. Se ninguém estiver entrando no seu site, não importa o quão incríveis sejam os seus posts - ninguém os lerá e, portanto, não farão nenhum bem a você.

  1. Conversões

Então, as pessoas estão visitando seu site e lendo seu blog - ótimo. Mas o que mais eles estão fazendo quando terminam de ler? Eles estão clicando em seus links e lendo mais? Eles estão se inscrevendo no seu boletim informativo? Concluindo uma transação de e-commerce?

  1. Engajamento

Às vezes, a quantidade de tráfego que seu conteúdo obtém é mais uma medida de quão eficaz você é em fazer as pessoas clicarem em seus links, ao invés de quão bom é seu conteúdo.

Para realmente descobrir se as pessoas estão se envolvendo com seu conteúdo, você precisará rastrear quanto tempo elas estão gastando em seu site e quantas páginas estão visitando em cada sessão.

  1. Desempenho de SEO

Nem todo o seu tráfego virá das mídias sociais, então é importante que você esteja recebendo muitos visitantes da pesquisa também. Você pode acompanhar a proporção de visitas ao seu site provenientes da pesquisa no Google Analytics, e isso fornece muitos insights sobre se o seu site está tendo um bom desempenho nos mecanismos de pesquisa ou não.

  1. Autoridade, Relevância e Credibilidade

A autoridade não é tão fácil de medir quanto a maioria das outras métricas, mas é importante tentar aumentar sua autoridade ao longo do tempo. Alta autoridade não irá apenas melhorar seu SEO, o que significa que você obterá mais tráfego de pesquisa, mas também ajudará a construir sua reputação de marca, aumentar a confiança e melhorar sua taxa de conversão.

Como monetizar uma boa campanha de marketing de conteúdo

Existem muitas maneiras de ganhar dinheiro com um blog ou site, através de uma boa estratégia de marketing de conteúdo.

Pode simplesmente vender espaços de publicidade, pode conseguir assinantes, pode ser pago como influenciador para falar de marcas e produtos, ou pode aderir ao marketing de afiliados.

E como se gera receita com o marketing de afiliados? Simples! Aproveite o público para vender produtos diretamente aos leitores em troca de uma taxa.

Isso é exclusivo para entidades de mídia online e frequentemente passa por um intermediário que rastreia as vendas para uma porcentagem das receitas. Os exemplos mais comuns são livros e tecnologia em blogs e outros sites de mídia.

Por que o marketing de conteúdo é ótimo para fazer dinheiro através de programas de afiliados? Porque, geralmente, uma boa estratégia de conteúdo aumenta tráfego e visitas ao seu blog ou site, o que aumenta também a probabilidade desses usuários clicarem nos seus links de afiliados e fazerem a compra.

Portanto, quer seja uma pequena ou média empresa, ou mesmo um influenciador a querer monetizar seu conteúdo, estes são os passos mais importantes que não deve esquecer na hora de rolar com sua estratégia de marketing de conteúdo.

Artigos Relacionados

O canal de afiliados tem hospedado milhares de sites que podem ser considerados como influenciadores em seu verdadeiro sentido, mas raramente são mencionados quando o tópico sobre influência surge. Nós argumentamos por que isso deve ser desafiador e por que a recompensa por influência deve ser um componente essencial de qualquer programa de afiliados.